quarta-feira, 2 de junho de 2010

1 - INTRODUÇÃO

Antes de tudo quero agradecer a sua visita ao meu blog pessoal, boa leitura. Nele você vai encontrar também diversas fotos e vídeos.

Bom... para começar vou direto ao assunto quanto ao que quero com este blog e com meu personagem e campanha pessoal:

Primeiro - arrumar uma namorada ou pelo menos uma garota nem que seja para aventura ou ficar. Só que eu quero uma que tome a iniciativa, faça o meu tipo, curta dance music e que esteja disposta a ir em danceterias e festas flash back comigo. Ah, e que não seja interesseira e me aceite pelo que sou, não pelo que porventura tenha ou venha a ter um dia.

Segundo - quero divulgar e nunca deixar morrer as boas músicas (disco music dos anos 70, euro disco dos anos 80, pop dos anos 80 e 90, dance music da década de 90 e até as mais recentes desde que sejam boas e que marcam uma época). Inclusive meu sonho é montar uma danceteria ou pelo menos festas itinerantes onde seja sempre atual todo o encanto de cada uma destas épocas.

Terceiro - quero fazer um protesto contra a ideia atrasada de que é só o homem quem tem que tomar a iniciativa na vida amorosa, contra o preconceito contra cores vibrantes, visuais exóticos e contra o tabu de que a cor rosa é feminina. E também contra os que vivem em torno da moda e querem obrigar os outros a seguirem, seja em roupas, carros ou músicas e comportamentos.

Quarto - meu sonho é ganhar dinheiro, ser conhecido e não vou negar! Quem não é visto não é lembrado. Para quem é famoso as portas se abrem, seja para arrumar uma companhia ou para outras oportunidades. E para quem sonha em ser ator ou garoto propaganda e já fez até oficinas de teatro, pequenos cursos de vídeo e até de manequim e modelo tem tudo a ver uma divulgação pessoal. O brasileiro é muito preconceituoso quanto a isso infelizmente!

Sobre minha pessoa:

Meu nome é Adial Júnior. No dia a dia gosto que me chamem por este nome ou pelo meu apelido (Dance Boy). Sou um cara de pele clara, cabelos lisos, castanho escuros, 1,71 m e 80 kg mais ou menos bem distribuídos. Moro em Curitiba, Estado do Paraná, no Brasil. Vim nascer nesta cidade, embora minha mãe estivesse me esperando em Jaguapitã, no Norte do Paraná. Por isso me sinto um pouco jaguapitaense também. Criei um tipo de personagem (Dance Boy) e uma campanha pessoal para ser visto pelas gatinhas que curtem Dance Music e que frequentem danceterias no domingão (matinês). Espero um dia sair na mídia em rede nacional e num horário nobre, porque só assim para achar a garota que procuro e quem sabe conseguir reconhecimento.

Esta é a história de um dos homens mais azarados do mundo quanto ao relacionamento com mulheres. Um dos menos valorizados por elas e também um dos que mais tem dificuldades quanto a isso (sem exagero, na real mesmo). Conto agora embora resumidamente, a minha longa procura por uma companheira, todas as coisas que ja tentei, algumas bem estranhas. até finalmente a criação do Dance Boy, pois é o "único jeito" de ser notado nesta cidade de pessoas fechadas, que se chama Curitiba.

Como sempre me perguntam o porque do visual diferente e todo estilizado das minhas roupas, do meu carro e da minha bike aqui vou contar para todos, para não ter que repetir a mesma história sempre. Vejam e divulguem a todas as mulheres do mundo se possível!

Sei que meu estilo e minha maneira de pensar vai chocar certas pessoas de mente atrasada, conservadores, falsos moralistas, fanáticos religiosos, metidos a donos da verdade e invejosos que não cuidam da sua própria vida e vem se meter na dos outros. Se você é um desses e quer vir aqui criticar pode, desde que seja uma crítica que tenha fundamento e ao menos que seja homem ou mulher de verdade e se identifique para que eu possa te responder. Afinal tenho o direito de resposta. Não publicarei nem responderei provocações e brincadeiras de mal gosto ou anônimas. Vamos debater então mas assumindo o que fazemos, pois eu estou fazendo isso aqui.

Se você é mente aberta, sem preconceitos, que primeiro analisa bem uma coisa para depois julgar, sabe respeitar a opinião dos outros e o meu direito de ser diferente, é bem vindo aqui, poderemos conversar amigavelmente. Acho que devemos ser julgados pelo nosso caráter e não pela nossa aparência, estilo de roupas, cor, sexo, idade, condição sócio-econômica, nacionalidade ou mesmo pelo fato de ter ou não uma religião.


Críticas construtivas sim, essas serão bem vindas, dependendo é claro da maneira como me colocam essas observações.
.


Lembrando que é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato; (Constituição da República Federativa do Brasil, Título II, Capítulo I, Art. 5o, IV)
.


Onde vivo: Curitiba-Paraná-Brasil
http://pt.wikipedia.org/wiki/Curitiba

Meu e-mail:
danceboy.adialjunior@yahoo.com.br

Meu celular:(41)9993-6774 (SÓ NÃO ATENDO A COBRAR)

Meu perfil no Facebook:
http://www.facebook.com/people/Adial-J%C3%BAnior/100002182694834

Meu perfil no Orkut: DANCE BOY (ADIAL JÚNIOR) ou
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=4403775939394376136&rl=t

Meu perfil no Youtube:
http://www.youtube.com/user/DANCEBOYADIALJR

Meu perfil no Yahoo Respostas:
http://br.answers.yahoo.com/my/profile?show=0F584eovaa

Link para o blog Túnel do Tempo Disco Clube:
http://tuneldotempodiscoclube.blogspot.com/

Link para o blog do livro que estou escrevendo:
http://oquadrodamorte.blogspot.com/

Este sou eu em meu traje oficial. A fotografia foi feita num estúdio fotográfico no dia 22 de julho de 2010 de tarde. Será que eu sou feio para nenhuma mulher se interessar? Lembrando que eu também uso roupas "normais" para os padrões da socidade. Não ando sempre com esta personalização!

Nenhum comentário:

Postar um comentário