terça-feira, 14 de setembro de 2010

19 - O OUTRO LADO DE CURITIBA QUE OS POLÍTICOS E A MÍDIA NÃO MOSTRAM

Curitiba, cidade onde nasci e moro até hoje, tem seus pontos positivos e negativos como qualquer outra.



Pontos positivos:

-É uma cidade bonita, com lindos parques, é relativamente bem arborizada, mais ou menos bem urbanizada (e a gente até sente falta disso em outras cidades), tem um sistema de tarifa integrada onde você pode andar por quase toda cidade e por outros pontos da sua região metropolitana pagando uma só passagem. Tem vários shoppings e quatro danceterias populares que funcionam nos domingos em horários mais cedo.


Mas como nada é perfeito, estes são seus pontos negativos que a tv não mostra e que acho que todos devem saber para pesarem os prós e os contras, e não ficarem se iludindo achando que aqui é a quinta maravilha do mundo:

-O clima é um dos piores que já conheci. Primeiro porque varia demais: no mesmo dia pode amanhecer com sol, nublar e chover de tarde e fazer frio de noite. Isso sem contar esse vento maldito e cortante que insiste em ficar no inverno e quando está aquele calor não aparece para refrescar. Recentemente um amigo meu me contou que é a segunda cidade do Brasil onde o sol menos aparece. De fato os que moram aqui devem saber bem que geralmente quando começa a chover isso significa no mínimo uns dois dias seguidos sem ver o sol. Já cheguei a constatar várias vezes que ficou uma semana ou quase com o céu nublado e cinzento (sempre com o maldito vento). Além disso chove demais por aqui. Além do frio que insiste em aparecer mesmo em outras estações. Isso é um fato, quer vocês concordem ou não…

-O transporte coletivo está longe de ser de primeiro mundo. Não tem metrô, não tem trem elétrico e nem ônibus elétricos que não poluem. Os coletivos vivem superlotados, principalmente em horários de pico devido à péssima administração dessa máfia chamada URBS que só visa os
seus próprios interesses. Se esses diretores não fossem um bando de exploradores e ladrões permitiriam as vans como em São Paulo. Aqui não existe isso, eles querem monopólio com um serviço precário e saturado e não admitem nenhuma concorrência. Vejam as fotos abaixo e saibam o que vão enfrentar quase todo dia se vierem morar aqui e tiverem a infelicidade de dependerem do "melhor sistema de transporte público do Brasil":












































Esta situação aqui eu faço questão de mostrar: a "boa educação" dos usuários do transporte público que têm tanta pressa ao entrar no ônibus e pegar um lugar para sentar que não sabem nem esperar quem está descendo dele. E notem que pelo jeito nem são pessoas idosas e cansadas. É outra situação bastante comum principalmente nas estações tubo, mesmo com a constante gravação dentro dos coletivos pedindo que aguardem sempre o desembarque ao embarcar. E o curitibano ainda quer se achar o tal e acreditar que tem o melhor transporte público do país (imaginem o pior então).







Essas estações tubo de ligeirinhos e biarticulados, típicas da capital paranaense, a primeira vista podem parecer bonitas. Mas vale lembrar que um treco desses custa vários milhares de reais e deixam o cobrador que fica nelas e não nos ônibus a mercê de assaltantes, principalmente em estações de periferia como a do Osternack. Provavelmente uma tática egoísta da URBS, pois se estivessem um cobrador em cada ônibus teriam que contratar mais funcionários. Além disso como vocês podem ver na foto em horários de pico não comportam tanta gente. Notem o tamanho da fila que se forma fora dela. Modelo de transporte público?
A logomarca símbolo da máfia do transporte coletivo, também conhecida como indústria de multas, caixa dois da prefeitura e outros adjetivos que lhe bem cabem. Uma das empresas mais odiadas de Curitiba.
-Acredite se quiser, mas aqui em Curitiba em muitos lugares você tem que pagar para estacionar o seu carro na rua, se não pode ser multado pelos guardinhas da Diretran que por sinal pertence à URBS. Detalhe: não fica ninguém cuidando do seu carro e se o furtarem ou danificarem garanto que eles não se responsabilizam. Dizem que é para fazer o rodízio de carros e não permitir que um único fique o dia inteiro no mesmo lugar. Para mim um oportunismo deles, mais uma maneira de roubarem o povo, no caso aqueles que boicotam o ineficiente sistema de ônibus e utilizam seus automóveis. Só que eu também não sou bôbo: coloco nossos carros em estacionamentos particulares onde realmente ficam bem guardados e não lhes dou um tostão sequer. Que todos façam o mesmo!








-A rede de ciclovias deixa a desejar, é incompleta e mal conservada. Não há estímulo da prefeitura para se usar este meio de transporte nem aluguel de bikes como na Europa. Sorocaba por exemplo dá de dez a zero em Curitiba quanto à ciclovias.

-É um povo mal educado no trânsito, egoísta que quase nunca colabora com os outros, apressadinho, mas que no entanto quando abre o sinal ficam “dormindo” e atrasando quem está atrás para depois andarem além do limite da rua para compensar. Isso sem contar que muitos viram e não ligam o pisca ou o ligam muito em cima da esquina e adoram buzinar para irritar os outros (eles não aprenderam pelo código de trânsito que o uso da buzina deve se restringir a um breve toque e apenas para alertar pedestres ou outros condutores).


Eis aqui outra foto que comprova bem a "educação européia" dos curitibanos.
















Foto tirada publicada pelo jornal Gazeta do Povo mostrando o trânsito no centro no dia mundial sem carro. Eh, eh, mas que dia mais sem carro heim? É uma situação comum em Curitiba em horários de pico principalmente: o trânsito está a caminho do caos simplesmente! Até parece uma São Paulo em miniatura. Mas pelo menos nisso não culpo o motorista curitibano: como que vamos deixar nossos carros em casa com estes ônibus saturados de gente? Nem sempre se pode usar a bicicleta: eu trabalho a quase 20 km de casa e no percurso tem várias subidas e descidas, isso sem contar as ruas mal conservadas e o clima que pode mudar e chover de repente. Quem tem o mínimo de condição não vai querer andar em pau de arara mesmo!


-Os curitibanos são fechados, desconfiados, fazem panelinhas, não são hospitaleiros e dispostos a fazer novas amizades como o nordestino e carioca por exemplo. Aqui é comum você morar anos em um mesmo lugar e o vizinho nem te cumprimentar de manhã. Te olham com desdém se você tem um estilo diferente. Aqui a aparência e o modo de se vestir pelo jeito contam. Claro que não são todos, tudo tem sua exceção.

-Para os homens tímidos e solteiros: a mulherada é devagar demais, sem iniciativa (depois querem direitos iguais), orgulhosas e que ficam se fazendo de difícil mesmo quando estão a fim do cara. Ou então tímidas. Salvo raras exceções.

Eu particularmente estou procurando conhecer outras cidades e capitais, ainda pretendo mudar de Curitiba. Nasci aqui e não me adapto.












13 comentários:

  1. é meu amigo se você não gosta de Curitiba vai pra São Paulo e cria outro tópico (Texto, matéria whatever) o transporte público em relação a são paulo é mto melhor, la os motoristas não poder parar as vezes por conta de ônibus que nao cabe mais ninguém, e na terceira imagem que você mostrou, repare que o pessoal esta esperando o desembarque SIM, eles estão ao lado da porta formando uma espécie de corredor pra quem esta desembarcando, na questão das estações tubo, é lamentável e eu concordo com vc, e o trânsito, em São Paulo e Florianópolis é formado congestionamentos de quilômetros, e o povo de Curitiba é Educado, mas porém não perfeito, mto são mal educados e nao respeitam sinalização que dera o próximo, em São Paulo vc não pode ficar 2 metros de distância do carro da frente que ja chega alguém entrando na sua frente, e o barulho de buzina como você mesmo abordou la é constante, e repare como você fala que vai abordar os pontos positivos e negativos da cidade, quando você na verdade só atacou Curitiba, vc dedicou 7 linhas com pontos positivos, e em média de 100 LINHAS com pontos negativos, Curitiba é a terceira cidade mais inteligente do mundo, Curitiba é a cidade mais limpa do Brasil, Curitiba é considerada a melhor cidade pra se viver no Brasil, eu amo Curitiba, amo o clima, e claro tenho minhas críticas, mas acho que você errou em alguns pontos :) peço desculpas aos paulistas por ter falado tanto da cidade deles, mas é o melhor exemplo que eu encontrei pra comparar com Curitiba :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade se for considerar apenas a cidade em si eu acho bela, ganha de várias outras cidades em urbanização e quantidade de parques por exemplo. Mas como nasci aqui, sei que tem muita propaganda enganosa e ninguém me engana com isso. Falei mais pontos negativos porque os pontos positivos todos já falam em outros sites e o povo de fora tem o direito de saber os prós e os contras, antes de se iludir e depois se decepcionar como tantos que já vi. Claro que o trânsito de São Paulo é um caos, já fui lá várias vezes. Nunca disse que quero morar lá, gosto só para passear. Digo apenas que meu sonho é me mudar daqui para outro lugar onde haja mais sol, não faça frio, não chova tanto e onde as pessoas sejam mais amigáveis e as mulheres menos orgulhosas e com mais iniciativa. E acho exagero me dizerem que aqui é a melhor cidade. Quer dizer que com tantas pelo Brasil e pelo mundo só aqui presta? Arrogância de curitibano na minha opinião! Você comparou aqui com São Paulo, mas já que querem dizer que aqui é primeiro mundo (alguns) então vamos comparar com Londres, Paris, Los Angeles e San Francisco. Aqui nem metrô tem para começar e a rede de ciclovias deixa muito a desejar. O Rio Belém é imundo, enquanto que o Tâmisa de Londres segundo li, foi limpo a ponto de voltar a ter peixes nele. Se Curitiba fosse tão modelo e inteligente como diz então deveria pensar nisso não acha? Você diz que o pessoal está fora do tubo só para esperar os outros desembarcarem? Não me faça rir meu caro, moro aqui desde que nasci e conheço bem o egoísmo e a indiferença da maioria das pessoas! Veja o tubo do ligeirinho Bairro Novo na Desembargador Westphalen no final da tarde, ficam para fora simplesmente porque é tanta gente e tão pouco ônibus que lota a ponto de não caber no tubo. Qualquer pessoa sensata nota isso. Povo educado que não diz nem bom dia como notei em outros lugares? Que te atende com má vontade no comércio? Que não gosta nem de te dar informações? Que mora anos ao lado do outro e nem cumprimenta? Que você não consegue nem descer do ônibus porque entram te atropelando? Egoísta no trânsito que mesmo quando seu carro estraga ficam socando aquela maldita buzina como se a culpa fosse sua? Me disseram que em São Paulo se você quer entrar mudar de faixa e liga a seta os que vem atrás te deixam entrar enquanto que em Curitiba é raro isso acontecer. Em Lages-SC onde fui se o pedestre começar a atravessar a faixa os carros param, enquanto que aqui até a pouco tempo atrás só faltavam te passar por cima. Agora está começando a mudar isso não sei como. É isso que chama de educação? Curitiba é considerada tudo isso porque:

      - A prefeitura desde os tempos do Jayme Lerner faz uma propaganda enganosa a respeito do seu transporte público que só funciona bonito no papel. Repare como mostram o prefeito inaugurando uma linha de ônibus pegando o coletivo vazio etc, mas nunca o mostram num horário de pico não é verdade?
      - O povo de fora que não conhece a realidade e infelizmente é pouco crítico e acredita nisso. Eu já prefiro ir e ver, pois sei que a mídia só mostra o lado bom mas nunca os contras né?

      Excluir
    2. E agora eu te pergunto:

      Curitiba é melhor no quê?

      Se for em relação ao urbanismo é até bonita mas não é a única. Maringá-PR é bem planejada, mais arborizada que aqui e tem ruas mais largas. Brasília-DF que quero conhecer, pelo que sei também foi planejada.

      Se for em relação às ciclovias, procure ver as fotos da rede de ciclovia de Sorocaba-SP na internet, deixa esta "cidade modelo" no chinelo.

      Em relação ao transporte público aqui não tem metrô, não tem vans como em Sampa e nem ônibus elétricos que não poluem. Vale lembrar também que a tarifa integrada não é uma exclusividade daqui. Pode até ser melhor do que muitas outras cidades, mas deixa muito a desejar em relação ao que li sobre Londres por exemplo. Se fosse tão modelo nem deveria andar gente em pé nos coletivos.

      Em relação a limpeza? Sim, é melhor que muitas mas não que todas, Curitiba não é a única.

      Quanto a oportunidades de trabalho? Tenho um amigo que mora em São José dos Pinhais e não consegue emprego fácil assim como outros. E no meu caso estou tentando um outro concurso público em nível federal, portanto não faz diferença se morar aqui ou fora, o salário será o mesmo e a estabilidade também.

      Melhor para se viver pode até ser para ti e para outros mas não para mim nem para todos.

      Para quem gosta de sol e detesta frio com certeza aqui é ruim. O clima é um horror, varia demais, chove demais, venta demais, nubla demais (segundo pesquisas é a capital mais fria do Brasil e a segunda cidade onde o sol menos aparece). E além de tudo isso faz frio até fora do verão e eu detesto o frio. De que adianta tantos parques e lugares belos, se em grande parte dos finais de semana o clima não é favorável a passeios?

      Para quem tem dificuldades em conseguir uma namorada e é tímido aqui é horrível. O povo como disse é fechado, faz panelinhas e as garotas quando não são orgulhosas não tem iniciativa, com algumas raras exceções. Quero conhecer um lugar como me disseram que tem em Minas Gerais, onde tem mais mulher que homem e que quando vai um cara de fora elas ficam até mandando bilhetes para ele. Onde não tenha tantas chatas que te julgam apenas pela seu modo de se vestir e pelas suas posses! E onde tenha uma mulher que tome a iniciativa comigo, coisa que não existe em Curitiba!

      O que me segura aqui agora é só meu emprego, família, animais de estimação e alguns amigos. Antes eram as danceterias, mas agora estão indo de mal a pior com este modismo de funk e sertanejo. Quero conhecer Belo Horizonte, Brasília, Goiânia, Ribeirão Preto, rever o Rio de Janeiro e conhecer outras do Estado de São Paulo. E digo que vou mais pelo clima, calor humano e presença de danceterias. Prefiro uma cidade que tenha estas coisas, mesmo que seja mais feia. Nasci aqui e não me adapto!

      Excluir
  2. Tá certo!
    Curitiba só seria perfeita se fosse no litoral, a temperatura aqui varia muito, faz as 4 estações em um dia só! E as mulheres são muito arrogantes de fato... Porém preciso conhecer mais a fundo outras cidades para poder tirar conclusões mais firmes.

    ResponderExcluir
  3. E impresionante! ainda fala de manaus porem já sabia que alguns moradores são arrogantes e se acham, discriminando outras culturas precisam conhecer mais o brasil

    ResponderExcluir
  4. sinceramente ,criticar é sempre bom, mas você extrapolou acho você sem noção ou talvez você nunca se deparou com os verdadeiros problemas relacionados a falta de planejamento em relação a mobilidade urbana,cidade modelo é uma coisa cidade perfeita é outra............

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo, nasci aqui, conheço cinco outras capitais e sei do que estou falando. Vai me dizer que é mentira o que falei! Verdadeiros problemas? Quais são mesmo? Que eu saiba nos anos 40 foi feito um plano diretor com ruas largas, avenidas e praticidade na locomoção. Naquela época o urbanista Alfredo Agache já previa que a maioria um dia iria ter carro. Mas o governo incompetente como sempre desvirtuou o plano, agora aquentem o trânsito nestas ruas estreitas. Já leu sobre isso? Veja na internet PLano Ágache e tire suas conclusões...

      Excluir
    2. E outra: é livre a manifestação do pensamento, tenho todo o direito de não gostar da incompetência desta prefeitura e máfia chamada URBS.

      Excluir
  5. Nada de bom pode vir de um lugar cujo nome começa com "CU"!
    Cidade fechada, pessoas estranhas, provincianas...

    PS.: Opinião de um CUritibano! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Cubatão é a cidade mais poluída do país, Cuiabá um calor infernal. (risos, foi brincadeira). Curitiba acho uma cidade bonita e até certo ponto limpa e organizada mas o povo fechado e o clima horrível a estragam.

      Excluir
  6. O pior de uma cidade, sempre serão seus cidadãos! Provincianismo dos infernos!

    ResponderExcluir
  7. "A mulherada é devagar demais, sem iniciativa (depois querem direitos iguais)". ??????? wtf. Não é todo mundo que gosta de ficar se exibindo e dando mole pra qualquer um, e não é por isso que as mulheres não mereçam igualdade nos direitos. As mulheres aqui tem atitude sim, são ótimas trabalhadoras e merecem todo o respeito, afinal, ter atitude não é só "chegar em um cara", atitude é saber e fazer o que quer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha cara, não confunda as coisas: chegar se exibindo em qualquer um é uma coisa, chegar com classe e respeito em quem lhe interessa é outra. Igualdade em direitos vocês querem mas em deveres não, esse é o problema de vocês. Falo e assino embaixo. Estou sozinho justamente pela falta de iniciativa de vocês, pois se querem que a gente chegue arregacem as mangas também. Não vejo nenhuma atitude em vocês curitibanas na vida amorosa, não estou falando de trabalho. A não ser é claro em raras exceções. Mesmo quando a gente chega vocês ainda fazem cu doce e dificultam as coisas. Isso é atitude? Pode até ser em outras áreas da vida mas a minha bronca com vocês é na vida amorosa, é isto que estou criticando em vocês. Atitude é como na Suécia onde dizem que quando a mulher está a fim ela vai conversar com o cara assim como o cara vem conversar com ela. Atitude para mim é como me dizem que é em Manaus, quando estão a fim elas caem em cima mesmo. Resumindo: para vocês direitos devem ser iguais mas as obrigações diferentes. É o meu protesto, falo mesmo e assumo como fiz em rede nacional no Caldeirão do Huck.

      Excluir